Wild Duck (pato-real)

Scientific name: Anas platyrhynchos

Parque da Cidade (Oporto – Portugal)

Pato-real – Parque da Cidade

The Mallard, or Wild duck (Anas platyrhynchos), probably the best-known and most recognizable of all ducks, is a dabbling duck which breeds throughout the temperate and sub-tropical America, Europe, Asia, New Zealand (where it is currently the most common duck species), and Australia.

The male birds have a bright green head, while the female’s is light brown. The mallard lives in wetlands, eats water plants, and is gregarious. It is also migratory. The mallard is the ancestor of all domestic ducks, and can interbreed with other species of genus Anas.This interbreeding is causing rarer species of ducks to become genetically diluted.

O pato-real (Anas platyrhynchos) é uma ave anseriforme que habita áreas temperadas e sub-tropicais das Américas, Europa e Ásia. A espécie tem forte dimorfismo sexual, tendo os machos uma cabeça de cor verde muito característica. É o antecessor da maioria dos patos domesticados actuais.

Advertisements

Egyptian Goose (ganso-do-Egipto)

Scientific name: Alopochen aegyptiacus

Parque da Cidade (Oporto – Portugal)

Ganso do Egipto – Parque da Cidade

The Egyptian Goose (Alopochen aegyptiacus) is a member of the duck, goose and swan family Anatidae. It is in the shelduck subfamily Tadorninae, and is the only extant member of the genus Alopochen. mtDNA cytochrome b sequence data suggest that the relationships of Alopochen to Tadorna need further investigation (Sraml et al. 1996).

O ganso-do-egipto (Alopochen aegyptiacus) é uma ave anseriformes do grupo dos gansos. É também conhecido por ganso-do-nilo, ganso-raposo e em Angola por balandira. A sua área de distribuição inclui Europa e África. É especialmente comum a sul do Saara e vale do Nilo.

Squirrel (esquilo)

Squirrel eating a walnut at the top of the tree in Monte da Penha.

Scientific name: Sciurus vulgaris

Monte da Penha (Guimarães – Portugal)

Esquilo – Monte da Penha

Squirrels belong to a large family of small or medium-sized rodents called the Sciuridae. The family includes tree squirrels, ground squirrels, chipmunks, marmots (including woodchucks), flying squirrels, and prairie dogs. Squirrels are indigenous to the Americas, Eurasia, and Africa and have been introduced to Australia. Squirrels are first attested in the Eocene, about forty million years ago, and are most closely related to the mountain beaver and to dormice among living species.

Os esquilos são da família Sciuridae.No Brasil, o esquilo também é conhecido por serelepe, caxinguelê, caxinxe, catiaipé, quatimirim, quatipuru ou acutipuru. Os esquilos estão espalhados por quase todo o mundo, a maioria nas zonas de climas temperado ou tropical, mas também em algumas zonas de clima frio. Como todos os roedores, possui presas fortíssimas, com que roem sementes com facilidade, principalmente bolotas. As sementes são as principais fontes de alimentação, mas também consomem insetos e frutas. Quando coletam alimento, enterram algumas sementes que encontram, sendo que algumas chegam a germinar, como pinhões e coquinhos, acabando por plantar árvores como araucária e jerivá.

Grey Heron (Garça-real)

Grey Heron resting and flying in Oporto City Park.

Scientific name: Ardea cinerea

Parque da Cidade (Oporto – Portugal)

Garça-real – Parque da Cidade

The Grey Heron (Ardea cinerea), is a wading bird of the heron family Ardeidae, native throughout temperate Europe and Asia and also parts of Africa. It is resident in the milder south and west, but many birds retreat in winter from the ice in colder regions. It has become common in summer even inside the Arctic circle along the Norwegian coast.

A garça-real-europeia (no Brasil) (Ardea cinerea) é uma garça da Europa cuja aparência é a de uma ave com dorso cinza e faixa superciliar negra que se estende até as longas penas nucais. Também é conhecida pelos nomes de galangundo (em Angola), garça-real ou garça-cinzenta (em Portugal).

Da mesma família das cegonhas, é a garça mais abundante e difundida da Europa. Possui um comprimento de cerca de 95 cm, uma envergadura de 185 cm e peso de 1,6 a 2 kg. Pode viver cerca de 25 anos. Apresenta pernas altas, pescoço longo e bico longo e afilado. Os juvenis apresentam cores mais claras, dorso cinzento acastanhado e ventre branco raiado de negro. Não possuem penacho. Atingem a maturidade aos dois anos de idade.

Yellow-bellied slider turtle (tartaruga-de-orelha-amarela)

Scientific name: Trachemis scripta scripta

Parque da Cidade (Oporto – Portugal)

Tartaruga – Parque da Cidade

The yellow-bellied slider (Trachemys scripta scripta) is a land and water turtle belonging to the family Emydidae. This subspecies of Trachemys scripta is native to the southeastern United States, specifically from Florida to southeastern Virginia, and is the most common turtle species in its range. It is found in a wide variety of habitats, including slow-moving rivers, floodplain swamps, marshes, seasonal wetlands, and permanent ponds. Yellow-bellied sliders are popular as pets.

 A Tartaruga de orelhas amarelas ou Trachemys scripta scripta habita as regiões da Virginia, Carolina do Norte, Florida, Carolina do Sul e Georgia, apresentando a carapaça de coloração negra, com listras marrons verticais.

O plastrão é amarelo, sem mancha ou apresentando poucas de cor bem escura. A cabeça é bem escura apresentando manchas de cor amarela e ela atinge menor porte que as orelhas vermelhas, cerca de 25 centímetros de comprimento de carapaça. Essa subespécie possuí a carapaça e a cabeça mais parecidas com as Tigres dágua brasileiras, porém o plastrão torna fácil essa diferenciação.